ServiçoS de psicologia e orientação

2016/2017

Regimento de funcionamento dos serviços de psicologia e orientação (excerto)

 

Artigo 1º-ãmbito e objetivo

 

3- Os SPO são um órgão de orientação vocacional e psicológica ao serviço da comunidade escolar, nomeadamente os encarregados de educação, e tendo em vista o desenvolvimento global e harmonioso dos alunos.

4- Tem como objetivos específicos:

1. Promover atividades específicas de informação escolar e profissional, suscetíveis de ajudar os alunos a situarem-se perante as oportunidades disponíveis, tanto no domínio dos estudos e formações como no das atividades profissionais, favorecendo a indispensável articulação entre a escola e o mundo do trabalho;

2. Desenvolver ações de aconselhamento psicossocial e vocacional dos alunos, apoiando o processo de escolha e o planeamento de carreiras;

3. Desenvolver ações de informação e sensibilização dos pais e da comunidade em geral no que respeita à problemática que as opções escolares e profissionais envolvem.

 

Artigo 5º - CoMPETÊNCIAS DOS SPO

 

O papel dos SPO é o de acompanhar o aluno ao longo do percurso escolar:

1. contribuindo para identificar os seus interesses e aptidões;

2. intervindo em áreas de dificuldade que possam surgir na situação ensino-aprendizagem;

3. facilitando o desenvolvimento da sua identidade pessoal e a construção do seu próprio projeto de vida;

4. realizando a orientação escolar e profissional;

5. os SPO atuam em estreita articulação com os outros serviços de apoio educativo, designadamente os de apoio a alunos com necessidades escolares específicas.

 

Áreas de intervenção:

 

-  Orientação Vocacional- Aplicação do Programa de Orientação Vocacional aos alunos do 9º ano

-   Reorientação Vocacional - alunos do 10º e 11º Anos

- Avaliação e Apoio Psicopedagógico – Todos os alunos em situação de necessidade

 (Encaminhamento de casos para entidades competentes: Hospital Fernando da Fonseca; Centro de Saúde de Massamá; outras.)

-   Formação Interna- Destinatários: docentes; não docentes; alunos.

 

Parcerias/apoios:

Hospital Fernando da Fonseca - Serviço de Pedopsiquiatria

Centro de Saúde de Massamá - Mães d’Água

Hospital Dona Estefânia – Clinica da Encarnação e Clínica da Juventude

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens – Equipa de Sintra Oriental (CPCJ)

Segurança Social – Equipa de Crianças e Jovens (ECJ)

Inspiring Future

APAV

 

Horário de atendimento dos spo

 

escola básica 2/3 prof. Egas Moniz     

Psicóloga – Dra. Cláudia pinheiro

Horário de Atendimento:

3ª feira - 9.30 - 17.30h

5ª feira - 9.30 - 17.30h

6ª feira - 9.30 - 13.30h

 

escola secundária stuart carvalhais  

Psicóloga – Dra. Rafaela Nascimento

Horário de Atendimento:

2ª feira - 8.30 - 17.30h

3ª feira - 8.30 - 17.30h

4ª feira - 8.30 - 12.30h 

5ª feira - 8.30 - 17.00h

6ª feira - 8.30 - 17.00h

 

Condições de aplicação do Programa de orientação vocacional (pov)

 

1ª fase: (10 sessões por turma)

-Definição e apresentação do POV.

-Desenvolvimento de atividades de auto conhecimento.

 

2ª fase: (10 sessões por turma)

- Aplicação dos testes de orientação vocacional que avaliam os interesses e aptidões dos alunos.

- Entrega dos resultados a cada aluno e ao respetivo encarregado de educação.

 

A coordenadora dos SPO

Teresa Maria Albuquerque

 

 

 

Saturday the 21st.